“Te guardo eternamente nos meus pensamentos, “e no coração?” Bem, eu até guardaria se tivesse sobrado um.”
O certo é bolacha, não biscoito.

slap in the face: #meus textos  
11 hours ago - 1 note - reblog this shit
“Houve um tempo em que eu acreditava em tudo que você dizia, um tempo em que eu acreditava mesmo que você estava disposta a passar muita coisa ao meu lado. Houve um tempo em que eu achei mesmo que poderíamos enfrentar tudo, eu e você, sendo nós. Nesse tempo eu acreditava no seu amor, mas agora caiu a ficha; Você sempre arranjava desculpas para me deixar, você nunca amou como dizia amar. Quem ama, fica. Você não ficou, você não se importou em ficar. Em uma tarde qualquer de setembro você me deixou, e desde quando quem ama abandona? Quem ama permanece, deve ser por isso que você não permaneceu. Você não permaneceu. E o pior de tudo, eu sempre te amei, eu amo você, eu vou amar. Porque… Quem ama, fica.
Depois que você partiu (via inutil-pensamento)

“Você já teve o coração estraçalhado tantas vezes, que não tem mais forças pra juntar os cacos e recomeçar?”
O certo é bolacha, não biscoito.

slap in the face: #meus textos  
12 hours ago - reblog this shit

“Eu te protejo de todo mal, mas quem me protege de você?”
Florindo Neto (via enoitecer)



slap in the face: #Pois é  
23 hours ago - 17,268 notes - reblog this shit
originally titanios - via aivin-lima
“Nunca fui de não saber o que fazer. Sempre lidei com tudo, mas daí me veio você, e não sei como, mas fez com que eu não conseguisse reagir a nada, me fez perder a consciência e a noção das coisas. Como pode? Em questão se segundos, o que ninguém nunca conseguiu com tempos? Me diz, o que tem de tão diferente em ti… Esse seu jeito, essa forma como me trata, é tudo tão bom que nem chega a parecer real, mas também tão confuso pro meu coraçãozinho. Eu tenho medo de entregar-me, e ser apenas mais uma ilusão, uma paixão passageira. Meu coração é fraco demais para ser entregue assim, ele já quebrou-se tantas vezes, em inúmeros pedaços, juntei-os, com bastante dificuldade, caco por caco, em cada lugar, mas ainda contém as cicatrizes. Tenho medo que ao invés de curá-las, você as abra mais, crie até mais delas. E se você não ficar? E se for como os outros? Eu não quero precisar remendar meu coração novamente, dói demais; pega uma faca, enfia no seu peito, e compara.. A sensação é mil vezes pior. Eu preciso de alguém que esteja decidido a ficar, que esteja decidido a cuidar de mim, a sarar as feridas do meu coração, alguém que esquente o frio que habita em meu ser.”
E eu não se esse alguém é você.   (via inutil-pensamento)